Ofertas e promoções das melhores loja virtuais da internet

Impressora matricial, a primeira da história

Impressora matricial, a primeira da história,

A impressora matricial é a primeira de que se tem notícia, como popular, no mercado e, embora estejamos já pensando em impressoras em 3D, que começam a aparecer e a atrair a atenção das pessoas, ainda possui utilidade, depois de tantos anos de história.

Trata-se de um modelo de impressora considerado como de impacto, ou seja, possuindo dois tipos de tecnologia:
Impressora Matricial - História da Impressora matricial

  • A primeira delas é a chamada margarida
  • Ela busca a letra que se quer imprimir, lembrando as antigas máquinas de escrever elétricas, de marca Remignton, que utilizavam uma margarida para isso, e a segunda, que liga os pontos através de uma série de agulhas, passando para o papel pequenos gráficos e algumas imagens.

    Diferente da margarida, no entanto, a impressora matricial faz a impressão de caracteres ilimitados, sem que se precise trocar qualquer peça.

A definição da impressora matricial

Como definição da impressora matricial podemos considerar a qualidade de impressão, se mais clara, se mais consistente.

Isso vai depender do número de agulhas na cabeça de impressão, além da proximidade entre as agulhas e a precisão do avanço do motor, com o acionamento das cabeças de impressão.

Entre as mais comuns consideradas no mercado, existem as impressoras matriciais com 9, 18 ou 24 agulhas, cada uma refletindo uma qualidade de impressão.

Embora sejam impressoras antigas, a sua utilização ainda se faz presente, principalmente em órgão públicos que, devido às exigências burocráticas, precisam de impressão utilizando papel carbono.

Para isso, é considerada uma impressora de baixo custo, já que o sistema operacional sempre é gratuito.

Além disso, devemos também considerar a grande capacidade de impressão, podendo acrescentar que a impressora matricial é a única capaz de trabalhar com formulário contínuo.

Embora considerada obsoleta por muitos, a impressora matricial mostra-se como das velhas invenções, aquelas que nunca são abandonadas, possuindo sempre alguma utilidade.

Utilidades da impressora matricial

Não sendo mais um tipo de impressora recomendada para uso doméstico, em virtude de suas limitações e de seu barulho, numa época em que o mercado oferece impressoras muito mais rápidas e eficientes, usando novas tecnologias, como:

  • laser
  • jato de tinta
  • As impressoras matriciais, no entanto, ainda são as melhores para trabalhar com documentos padronizados, principalmente documentos fiscais, sendo úteis tanto para os órgãos públicos e estabelecimentos comerciais.

Para os estabelecimentos comerciais, a impressora matricial é ainda utilizada para notas fiscais e folhas de pagamento, por exemplo, que exigem a cópia do documento, ficando o original com o empregado e a cópia como comprovante da empresa.

Embora seja considerada um objeto do passado, sua utilidade talvez ainda alcance muitos anos pela frente. Tanto é que ainda são fabricadas, com menos barulho e mais velocidade do que nos “antigos” tempos da informática.

As melhores marcas ainda se mantém como nesses tempos em que não conhecíamos a impressora a laser ou a jato de tinta, como a Epson, por exemplo, que ainda apresenta os vários tamanhos, para os diversos tipos de formulário.

Preço médio de uma Impressora matricial

Seus preços podem ser maiores do que os de outros tipos de impressora, podendo variar de R$ 700,00 a R$ 2.000,00.

E você o que achau?

– Deixe a baixo nos comentários o que você achou das Impressoras matriciais.

você pode gostar também